O que fazer para realizar seus sonhos?

Quando se é pequeno, tudo o que desejamos parece simples. Ter um emprego dos sonhos, viajar pelo mundo, ser médico, bombeiro ou piloto de Fórmula 1. Os anos passam e vemos que alguns destes sonhos continuarão a ser sempre sonhos. Alguns podem até se tornar realidade na nossa vida. E eu pergunto mais uma vez hoje: Qual o tamanho dos teus sonhos?

Ser um grande líder, um grande empresário, um gerente bem-sucedido. Assim como quando éramos crianças e tínhamos sonhos, hoje também temos que alimentá-los dia-a-dia para que eles possam se tornar realidade nas nossas vidas e através deles tomamos o ponto de partida para o sucesso tão esperado.

Quem não quer ter aquele salário de vários dígitos, família perfeita, uma casa maravilhosa, um carro novo, filhos na faculdade, deixar um legado na sociedade, uma marca registrada? Eu quero te dizer que, mesmo que até agora você ainda não tenha conseguido realizar nada do que sonhou: sempre há tempo para realizá-los.


Exemplo meu

Ninguém quer errar na vida, mas erra por motivos alheios ao seu querer. Por isso, muitas vezes nos tornamos vítimas de nós mesmos. E isso não pode nos parar! Eu, por exemplo, tive a minha realização profissional e pessoal após mais de trinta anos de duro trabalho. Hoje analiso como consegui chegar onde sonhei e me deparo com atitudes que tive que tomar na vida para ter os meus resultados alcançados.

Atitudes que tive que tomar

Pensei: “eu sou o único responsável pela minha derrota ou pela minha vitória”. Comecei a fazer mais do que o combinado. Muitas vezes deixei o conforto do lar para conseguir mais sucesso, busquei ajuda, mudei hábitos, tive perseverança e me tornei fiscal de mim mesmo. Às vezes quando me encontrava desanimado pensava: “não quero chegar só até aqui, quero ir mais longe” e isso me deu impulso. Abri a mente para coisas novas, deixei a mesmice para trás, li mais, ouvi mais conselhos e saí da zona de conforto, que me limitava a um pensamento de que já estava bom até ali, trazendo resultados satisfatórios e uma falsa sensação de segurança.

Segundo o livro LORDE da Nobre Treinamentos, com o passar do tempo, a tendência é que esta zona se torne tão familiar que o indivíduo não consegue perceber que está inerte. A preguiça, a soberba, o medo e a cegueira são alguns dos principais motivos que empurram a pessoa para a zona de conforto.

Conselho

Se você errou e isso atrasou o teu sucesso, que isso lhe sirva como experiência e te dê forças para prosseguir sua jornada. O pensador Felipe Leoni diz: “erre, mas erre rápido”.

Lembre-se: a página do teu futuro está em branco e você pode desenhá-lo de uma forma diferente, onde seus sonhos se tornarão realidade.


Newton Vieira
Corpo de instrução, associado da Nobre Treinamentos Pinhalzinho e pastor.